A Carinhosa, 2021

Arduino mega, 2 motores Nema 19, 15 peças com fabricação digital,  tubos de alumínio e fonte 12v

“A carinhosa” é uma escultura que parte da obsolescência programada pois é constituída de motores reciclados e uma adaptação de uma impressora estragada. Além de sua forma oval, ele tem anexado ao seu corpo um conjunto de eletrônicos e diversas peças impressas com uma impressora 3D. Com a aproximação do público, os braços da escultura levemente se deslocam horizontalmente, remetendo a ideia carinho, aqui traduzido como uma dança mecânica em movimento.

 

* Esta obra é parte de uma série chamada “As Autômatas”, na qual cada escultura, virtual ou real, manifesta uma “performance emocional” diferente. Há uma linha formal comum a todas as esculturas, pois estão posicionadas na parede, são activadas pela presença humana e identificam-se como femininas, razão pela qual seus nomes são precedidos pelo artigo “a”.   

press to zoom
press to zoom
1/1
press to zoom
1/1