Referências Bibliográficas do projeto Inscrito para a candidatura ao Doutoramento abaixo:

BASBAUM, Sergio R. A obra de arte na época do ruído sem ruído − primeiras anotações para um manifesto pela arte como guerrilha perceptiva. Revista MonoDisperso,  Universidade do Porto, Portugal. v. 1, n.1, p. 78-89, 2007.

COSTA, Mário. O Sublime Tecnológico. São Paulo: Experimento, 1995.

DEWEY, John. (2010). Arte como experiência. São Paulo: Martins Fontes.
DOMINGUES, Diana Maria Gallicchio. Ciberespaço e rituais: tecnologia, antropologia e criatividade. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, ano 10, n. 21, p. 181-198, jan./jun. 2004
IHDE, Don. Tecnics and práxis. Dordrecht. Reidel, 1979.ISBN 90-27700953.
FATORELLI, Antonio. Fotografia contemporânea: entre o cinema, o vídeo e as novas mídias. Rio De Janeiro. Senac Nacional, 2013.

FOGLIANO, Fernando. Da Experiência Estética à Teoria dos Afetos In: ROCHA, Cleomar (Org). Anais do IV Simpósio Internacional de Inovação em Mídias Interativas. Goiânia: Media Lab / UFG, 2016.

GANE, Nicholas; BEER, David. New media: The key concepts.  Berg, New York, 2008.
MANOVICH, Lev. The Language of New Media. London: MIT Press, 2001.
MERLEAU-PONTY, Maurice: Fenomenologia da percepção. (tradução de Carlos Alberto Ribeiro de Moura). São Paulo: Martins Fontes, 1994.
MORRIS, Adalaide; SWISS, Thomas. New media poetics : contexts, technotexts, and theories. MIT Press, Cambridge, 2006.

POPPER, Frank. Art of Eletronic Age. New York. Thames & Hudson, 1997.
RANCIÉRE, Jacques: A partilha do sensível - estética e política. (tradução de Monica Costa Netto). São Paulo: EXO experimental.org / 34 ed. 2005
SIMONDON, Gilbert. El modo de existencia de los objetos técnicos. Buenos Aires: Prometeo Libros, 2007.
TAPSCOTT, Don. Growing up digital: the rise of
SCOTT, Roy.
Telematic Embrace: Visionary Theories of Art, Tecnology and Consciousness. Edited and with an essay by

VRIES, Marc J. De. Teaching about tecnology. An introduction to the Philosophy of Technology for Non-philosophers. Science & Technology Education Library. Springer. Netherlands, 2005.
ZIZEK, Slavoj. Como ler Lacan. Tradução Maria Luiza X. de A. Borges. Revisão técnica Marco Antonio Coutinho Jorge. Rio de Janeiro: Zahar, 2010.