• Facebook
  • Instagram
  • YouTube

2019

 

Modo Silencioso

Instação de arte sonora

Modo silencioso é um convite a pausa, a escutar com a pele, com o corpo. Um ambiente imersivo no qual o público é convidado a sentar em um banco acústico cercado por alto-falantes. A narrativa que percorre os alto-falantes, é baseada em textos sobre improvisação de Walter Smetak, em que a voz dos artistas gravados lentamente é transcodificada em padrões de vibração de smartphones.

1/4
 
Captura_de_Tela_2019-12-06_às_20.26.57.p
Captura_de_Tela_2019-12-06_às_20.25.21.p

Caixa

Objeto Sonoro

59'' sec
 

Nó na garganta

projeção mapeada sobre escultura de arame, papel e gesso.

65 x 20 x 78 cm

Cortana, Alexa & Siri's friend

porque as assistentes virtuais têm uma female voice? Criadas por equipes majoritariamente masculinas são submissas, sedutoras, prestativas e disponíveis ao seu sinal sonoro.

DSC_0045.JPG
giphy.gif
IMG_3518.JPG
 
 

Porn Oasis

colab com o artista Leo Caobelli

Monitor e imagens recuperadas de HD's.​

60 x 70 x 60 cm​

IMG_3193.JPG
2E668188-3E85-481D-BA7A-CE5B1D2B7242.JPG
giphy.gif
 

corpObra (em desenvolvimento)

colab com a artista Charlene Bicalho

Projeção mapeada, foto e vídeo performance. 

IMG_0253.JPG
Captura_de_Tela_2019-07-01_às_18.58.51.p
IMG_2671.JPG
 

Dizem que o Brasil está polarizado

colab com a escritora e psicóloga Laura Pujol

Monitor de cristal líquido, notebook toshiba, teclado sem fio, objetos-lupa com filtros polarizadores.

50 x 120 x 155 cm

Dizem que o Brasil está polarizado” é uma instalação interativa composta por um monitor conectado a um notebook posicionados na parede e um teclado sem fio junto à uma caixa de objetos-lupa dispostos em um cubo.

A obra convida o público a teclar em um documento branco aberto em um software de texto, e a manipular os objetos-lupa que desvendam a imagem do monitor. Além de propor a interação com a escrita, é através da lupa que descobre-se a imagem-espelho da tela  - uma webcam posicionada em frente àquele que escreve.

Nesta traquitana tecnológica concebida pela artistas Joana Burd e Laura Pujol, a imagem é revelada como um duplo espelho - o público é refletido e escreve reflexões ao mesmo tempo. A obra foi concebida especialmente para a convocatória registro n.3 da Casa Baka, consistindo também em um dispositivo analisador de uma suposta ou evidente polaridade do Brasil.

giphy.gif.gif
Captura_de_Tela_2019-04-28_às_13.16.45.p
REGISTRO N.3_029_foto Charlene Cabral.jp
REGISTRO N.3_183_foto Charlene Cabral.jp
dizem que o basl está polarizad